Tags

, , ,

Continuando as discussões sobre o papel do comportamento verbal (linguagem) na evolução cultural, discutimos o texto:

Malott, R. W. (1988). Rule-governed behavior and Behavioral Anthropology. The Behavior Analyst, 11, 181-203.

O texto está disponível na secretaria do Programa de Pós-Graduação em Psicologia Experimental da PUC-SP (com Dinalva) ou através de solicitação por email (pucspacc@gmail.com).

Resumo

De acordo com o materialismo cultural, práticas culturais resultam dos produtos materialísticos destas práticas, não de predisposições sociobiológicas, mentalísticas ou místicas (por ex., hindus idolatram vacas porque, à longo prazo, tal idolatria resulta em mais comida e não em menos comida). No entanto, de acordo com a Análise do Comportamento, tais produtos materialísticos não reforçam ou punem as práticas culturais, porque tais produtos são muito atrasados, muito improváveis ou individualmente muito pequenos para reforçar ou punir diretamente as práticas culturais (por ex, o aumento da comida é muito atrasado para reforçar a adoração da vaca). Desta forma, as contingências molares, materialísticas, necessitam do apoio de contingências moleculares, comportamentais. E, de acordo com a presente teoria do comportamento governado por regras, a enunciação de regras que descrevem estas contingências molares, materialísticas, podem estabelecer as contingências moleculares necessárias. Dada uma história comportamental adequada, tal enunciação da regra combina-se com a não-aquiescência para produzir uma condição aversiva aprendida (normalmente rotulada como medo, ansiedade ou culpa). O término dessa condição aversiva reforça o seguimento/obediência, da mesma forma que sua apresentação pune o não seguimento (por ex, o término da culpa reforça o cuidado com uma vaca doente). Além disso, regras sobrenaturais geralmente suplementam estas regras materialísticas. No mais, a produção tanto de regras materialísticas quanto sobrenaturais exigem planejadores culturais que entendam as contingências molares, materialísticas.

Palavras-chave: comportamento governado por regras, antropologia comportamental, comportamentalismo radical, materialismo cultural.

Anúncios